ABDOMINAIS: 4 MITOS

Um abdômen definido é um sonho de muita gente, muitos sonham com uma cintura fina marcando os músculos oblí­quos e uma barriga chapada com a famosa marmita, os gomos do abdome, mas como conseguir um uma barriga assim? Só a alimentação resolve? Só aeróbio em jejum? Dieta dos lí­quidos?




Um abdômen definido é o sonho de muita gente, muitos sonham com uma cintura fina marcando os músculos oblíquos e uma barriga chapada com a famosa marmita, os gomos do abdome, mas como conseguir um uma barriga assim? Só a alimentação resolve? Só aeróbico em jejum? Dieta dos líquidos? Vamos ver 4 mitos sobre a definição abdominal:

1º – Só a alimentação resolve? Eu digo com toda certeza: não! A alimentação é apenas um dos elementos necessários para se obter a tão desejada definição abdominal. O nosso abdome é como qualquer outro músculo do corpo, a única diferença é que esses músculos dificilmente terão tanto volume como os bíceps ou panturrilhas por exemplo, mas nem por isso devemos ignora-los, a alimentação fornecerá a matéria prima necessária para uma hipertrofia muscular, mas isso só ocorrerá se juntarmos alimentação e treino.

2º – Só o aeróbico em jejum? Não! O aeróbico em jejum também não é a solução, ele sozinho é um mito, mas se utilizado com outras técnicas com certeza trará resultado, por exemplo, aeróbico em jejum em conjunto com uma dieta com baixo consumo de carboidratos poderá sim trazer resultados desejáveis e aparentes, mas nada que aconteça da noite pro dia, o abdome requer uma dedicação especial, isso porque para que os músculos dessa região apareçam são necessários que seu percentual de gordura diminua e que você também treine esse grupo muscular para gerar hipertrofia e, sendo assim, aumentar o volume dos músculos.

3º – Dieta de líquidos resolve? Também não! Houve uma época em que dietas de líquidos, dieta das frutas, dieta do azeite, enfim… um monte de dietas estavam em alta, mas nada disso é suficiente e muito menos recomendado. Dieta é uma peça fundamental na busca por um corpo atlético ou esteticamente bonito, por isso deve ser tratada com seriedade, não adianta você treinar bem, dormir bem, suplementar bem e viver dentro de um fast food ou na padaria comendo coxinha, você estará jogando tempo e dinheiro fora, também não adianta você tentar fazer a mesma dieta que sua amiga da academia está fazendo por que as necessidades dela são diferentes das suas. Dieta deve ser passada por um médico especialista ou nutricionista, mas novamente, somente a dieta não resolve o problema, é necessário ter um conjunto para se obter resultados, caso você não siga uma dieta poderá até ter resultados, mas creio que dificilmente serão os resultados que você gostaria de ter.

4º – Quanto mais repetições de exercícios para abdome melhor. Não! Este é outro mito muito comum nas academias, as pessoas pensam que fazendo 500 abdominais estarão “queimando” a gordura e sendo assim ficando mais magras, isso definitivamente não é verdade. Inicialmente as pessoas podem até sentir os músculos do abdome doloridos depois de 200 ou 300 abdominais, mas isso não significa exatamente que se trata de hipertrofia e muito menos de que está sendo queimada a gordura daquela região. O processo de “queima” de gordura é conhecido por lipólise e ocorre no nosso corpo das extremidades para o centro, ou seja, a queima de gordura primeiro começa nos braços, pernas, ombros, pescoço e por ultimo na região do tronco, claro que há exceções, não estamos falando de uma ciência exata, mas na sua grande maioria é assim. Já a questão da quantidade de repetições, nesse caso é uma questão de fadiga do músculo, mas não causado por rompimento de fibras por causa da força exercida para levantar pesos, e sim porque houve uma grande exigência do músculo para executar um grande número de repetições, o que não necessariamente significa hipertrofia do músculo, apenas fadiga. Os exercícios abdominais devem ser feitos da mesma forma de outros grupos musculares, utilizando pesos para que possa haver um rompimento de fibras e a hipertrofia, um peso razoável que possibilite uma execução correta e com grande amplitude; para os iniciantes não é aconselhado o uso de pesos porque a musculatura precisa primeiramente se habituar ao movimento e depois pode ser adicionado carga.

Fonte: http://www.musculacaototal.com.br/abdominais-4-mitos/

65 visualizações0 comentário